Friday, September 29, 2006

stand by me

— dois tiros no meio da testa.
— pra quê irmão?
— pra combinar com as fossas nasais.
— jesus santíssimo! que combinação.
— irmão: só tinha bosta na cabeça. até fiz um favor a família. agora o velório nao corre o risco de tornar-se mal cheiroso.
— e o restante da munição?
— descarreguei concomitantemente a um pai nosso contrito, em perdão pelo uso da blasfêmia como expediente de motivação.
— podemos ir agora irmão marcos? este lugar me deixa nervoso.
— é só um stand de tiro padre ventura. não deixa de ser um lugar de aperfeiçoamento e fé na alma humana.
— deve ser o cheiro de pólvora, coisa do diabo, me sabe a enxofre, cruz credo!
— o diabo não atira em alvos de mentira padre. mira em nós como já fez. e não pretendo servir de alvo da paróquia pela terceira vez.
— sei não irmão marcos, acho que as vezes o senhor vai longe demais.
— os caminhos do senhor padre ventura são inexplicáveis em muitas situações.
— mas a fé só não devia bastar?
— padre ventura, não tenha dúvidas, de que se for preciso eu vou atirar com muita fé.
— louvado seja o senhor.
— o senhor seja louvado.
— amém! (fazendo o sinal da cruz na testa).

4 comments:

Alex Camilo said...

Estou sentindo um cheirinho de Sade por aqui...

Stenzel said...

Parece que saiu agora de um livro do Rubem Fonseca. (e isto foi um elogio, espero que seja entendido como tal).

celso muniz said...

pobre sade. não se pode mais nem ir a manicure que antes do bile já é cheirado.

quanto ao elogio, quiçá o tempo afague quem possa ler demais escritores e dizer: parece saido agora de livro teu. por enquanto, nem árvores planto. apenas preencho o papel do saco. mas sem risco de títulos a produzir filhos com síndrome de dowm pra todo mundo ter falsa peninha dos tais exemplares.
muito agradecido pela leitura mesmo assim.

Alex Camilo said...

O cheirinho de sade, vem das batinas amarrotadas dos padres amorais, dos padres prevertidos do convento de Santa Maria dos Bosque, de Justine. Quanto ao estilo é teu sem dúvida, só a temática me fez sentir o cheiro. Deixe de ser ranzinza, tá parecendo até Alex Camilo. Rs

Grande abraço